NOVIDADES

A Importância de um Plano de Negócio para as MPMEs

23/03/2018 às 10h02

Planejamento é tudo ou muita coisa. Se nem mesmo na vida particular podemos nos deixar levar apenas pela maré, quem dirá no mundo corporativo. Por isso é tão importante traçar o caminho que se deve seguir rumo ao sucesso, levando em conta tudo o que pode atingir sua empresa. Para isso, entra em cena o Plano de Negócio.

Um Plano de Negócio nada mais é do que um “grande roteiro” das variáveis financeiras, de marketing, de produto etc, que vai guiar e dimensionar a nova Empresa ou reposicionar no mercado a Empresa já existente. O plano serve como como ferramenta detalhada de orientação na busca de informações detalhadas sobre o ramo, objetivos estratégicos, perspectivas futuras e problemas, produtos, e serviços que o empreendimento irá oferecer, bem como clientes, concorrentes, fornecedores, gestão e dimensionamento de pessoas, planejamento e controle da produção, custos relativos, plano e estratégias de marketing, pontos fortes e fracos do negócio, entre vários outros aspectos, contribuindo para a identificação da viabilidade da ideia e gestão da empresa, além de definir os objetivos do negócio e qual percurso necessário para que esses objetivos sejam alcançados, diminuindo os riscos e as incertezas. 

Se o empresário é iniciante, é mais do que recomendável que trace o plano de negócios para ter uma visão clara da empresa. Um plano de negócio mal estruturado, ou ainda, a falta dele, implica em grandes chances de a empresa não decolar.

E na hora de montar o plano, o que seve ser definido? Abaixo, alguns pontos essenciais:

1. Variáveis de marketing (produto, preço, comunicação, distribuição, público-alvo, etc.);
2. Projeções financeiras (custos fixos e custos variáveis, custos de produção, custos com capital humano);
3. Análise da concorrência;
4. Pontos fortes e fracos;
5. Missão, visão e valores da organização;
6. Oportunidades e ameaças;

7. Fluxo Produtivo, insumos, indicadores, estratégia de produção e controle de estoque;
8. Diferenciais em relação à concorrência, entre outros.

Feito o plano, o que fazer para tornar real o que está traçado no papel? A única maneira é se propor a praticar o que foi estabelecido e colocar a mão na massa para alcançar os objetivos.

Todo final de ano, é aconselhável que as empresas façam o planejamento do ano seguinte e busque seguir as diretrizes definidas durante os 365 dias. Traçar novas metas e, junto a elas, estratégias para alcançar esses objetivos.

Um plano de negócio é muito mais do que estabelecer objetivos. Durante a sua elaboração, permite ao empreendedor a compreender as várias vertentes do seu negócio (como mercado e riscos). Além disso, ainda pode ser um apoio na apresentação da empresa a outras partes interessadas, como parceiros e investidores, e ser um guia para o desenvolvimento da companhia a curto, médio e longo prazo.

Então, está esperando o que para desenvolver seu Plano de Negócios?

Hoje a Plan Soluções possui grande expertize na área de Planejamento e Modelagem de Negócios, auxiliando seus clientes a atingirem suas metas e alcançar resultados antes nunca vistos. Agende uma reunião, vamos buscar juntos a solução dos problemas da sua Empresa.

Fonte: Adaptado de Flávio Yukio Montonaga,sócio diretor da líbero+


Voltar

Confira também:


PLAN - Soluções em Gestão
plan@solucoesplan.com.br


Rua Ocarlina Pinheiro de Souza 134, Sala 01
CEP: 35420-000 | Mariana/MG